Jogos

Dragon Ball Fighterz: o game para todos os fãs da franquia!

Anime Friends é um evento tradicional, que acontece anualmente em São Paulo.

Em 2017, ele aconteceu em Santo Amaro, e como é de costume, várias empresas estão presentes com estandes, vendendo ou demonstrando algum produto.

Foi exatamente o que aconteceu com a Bandai Namco, que esteve no evento demonstrando alguns dos jogos que serão lançados em um futuro próximo ou lançados recentemente.

Tive o privilégio de comparecer ao evento e pude experimentar um desses títulos! Continue conosco!

Dragon Ball FighterZ

Entre esses, o mais esperado (na minha opinião, pelo menos) é Dragon Ball FighterZ, jogo de luta em perspectiva 2D, que utiliza o modelo de renderização Cell Shading.

Esse faz com que os jogos fiquem parecidos com animes ou desenhos animados, e é aí que mora a parte mais impressionante do game: o visual dele está absurdamente semelhante ao que vimos no anime, ou até nos mangás da franquia.

Somando ao visual, vemos que as posições de luta dos personagens já disponíveis já estiveram presentes, nem que seja por um momento, no anime ou mangá.

Os Personagens

Ou seja: você, jogador, entusiasta da franquia criada por Akira Toriyama, estará jogando um anime ou mangá que moveu boa parte da sua correria ao voltar da escola para assistir a luta do Goku vs Frieza, ou Gohan Vs Cell, ou Vegeta Vs. Majin Boo, ou seja lá qual for a luta sensacional que teria naquele dia!

Isso já é motivos o suficiente pra chamar muito a atenção desse pessoal!

O Visual do jogo

Visualmente, o jogo é lindo! Todos os ataques, finalizações, combos e modelos de personagens  estão de encher os olhos, com um aspecto muito bem acabado e conciso!

A jogabilidade

A jogabilidade do game retorna aos antigos títulos da franquia com o sobrenome Budakai, que também adotavam a jogabilidade 2D e fizeram um tremendo sucesso na época.

A sensação de equilíbrio entre os personagens disponíveis na demo do evento (Goku, Vegeta, Gohan, Frieza, Cell e Majin Boo) é muito agradável, podendo se notar diferenças grandes entre os personagens, já que alguns são mais móveis, outros menos.

Alguns apresentam ataques com alcance maior, outros, um ataque que é necessário se estar mais perto, mas causam um dano maior.

O mapeamento do controle foi bem feito, e é confortável de ser jogado, inclusive, utilizando o analógico (coisa que muitos jogos de luta têm problemas).

Particularmente, aguardo com muita ansiedade o lançamento de Dragon Ball Fighterz, que deve acontecer em 2018 para PlayStation 4, Xbox One e Microsoft Windows.

Vale ressaltar que ao ser anunciado, veio juntamente a informação que somente 20% do jogo está finalizado.

Logo, podemos esperar o game para o fim do primeiro semestre. Assim que sair, vai rolar muito Kamehameha, meus amigos e amigas!

Share This