Dicas

Você conhece a história dos bonecos Funko Pop?

Difícil encontrar um amante da cultura pop por aí que não conheça ou não tenha um Funko PoP, não é mesmo? Esses bonequinhos cabeçudinhos que transbordam simpatia e fofurice invadiram as prateleiras e ganharam o coração dos fãs.

No entanto, nem sempre foi assim. Antes de ser uma fábrica de brinquedos licenciada, a Funko passou por algumas modificações. Quer saber qual é a origem dos bonequinhos mais famosos do mundo geek? Acompanhe este post!

O pequeno projeto que virou febre mundial

Para quem não sabe, a Funko não é uma empresa que nasceu para ser o que conhecemos hoje. A companhia foi fundada em 1998 por Mike Becker, um apaixonado por brinquedos antigos que tinha o sonho de criar uma fábrica de brinquedos temáticos, com um certo grau de nostalgia.

Inicialmente ele queria comercializar os brinquedos por hobby, sem a menor intenção de se tornar um sucesso mundial ou uma autorizada a vender itens da cultura pop.

Em 2005 as mudanças chegaram: a empresa foi vendida e o seu atual presidente, Brian Mariotti, se tornou o responsável por todos os contratos de exclusividade de produção de brinquedos da Marvel, DC, Disney, WWE, CBS, Fox, Warner Bros, HBO etc.

Foi em 2010 que tudo começou: o projeto inovador de criar uma linha de bonecos de vinil com aproximadamente 10cm em homenagem a grandes sucessos de entretenimento deu origem à linha POP da Funko, ou os FunKo POPs da forma que conhecemos.

A era dos Funko Pops

A produção de Funkos hoje conta com mais de mil figuras de vinil diferentes, centenas de colecionadores apaixonados e vendas que superam 10 milhões de unidades.

Para quem não sabe, a Funko produz outros tipos de brinquedos, como bichos de pelúcia, action figures, bobbleheads e aqueles itens eletrônicos licenciados que adoramos, como os drives no formato dos nossos heróis favoritos, luminárias e fones de ouvido. Bacana né?

Os Funkos mais raros

Como todo item colecionável, sempre existem aqueles que são mais valiosos ou populares — e com os Funkos não seria diferente.

Em geral, para que um boneco POP seja considerado raro, a tiragem do brinquedo precisa ser baixa, ou seja perto das 3 mil unidades — como é o caso do Motoqueiro Fantasma metálico ou do Dumbo palhaço.

A Funko — como não poderia deixar de ser — também produz alguns itens somente no mercado asiático, outros apenas para feiras e ainda outros em edição especial. Você já imaginou o quanto é legal conseguir um desses?

Como encontrar os famosos Funkos

Também são tidos como raros os bonecos que já não são mais produzidos ou itens aposentados, como eles costumam dizer. A Funko guarda esses modelos em um cofre e de vez em quando volta a soltar um ou outro no mercado, sempre causando certo alvoroço entre os fãs.

Agora você entende o motivo dos Funko Pop serem tão queridos. não é mesmo? Afinal, quem não quer ter a chance de enfeitar a estante com um colecionável raro da sua série favorita?

Gostou do post? Então não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais!

Share This