Dicas Jogos

Conheça a incrível a história do personagem Geralt do Witcher 3

Escrito por Leonardo Carregal

Geralt do Witcher 3 é um dos personagens mais amados dos games atuais. Seu jogo de origem, The Witcher, é baseado nos livros do escritor polonês Andrzej Sapkowski e produzido pela CD Projekt RED.

A mitologia, que é o pano de fundo do entretenimento, aguça o interesse de gamers por todo o mundo, os quais querem saber qual é a história do Lobo Branco, anterior ao início dos jogos.

Assim, no post de hoje, trouxemos a história de Geralt, contando, de forma resumida, sua saga desde a infância até a sua vida adulta como o caçador de monstros profissional. Ficou interessado? Então, vem com a gente!

Infância

Geralt é filho de Visenna, uma feiticeira e, possivelmente de Karin, um mercenário. Durante a gravidez, sua mãe precisou tomar várias poções para garantir que ele sobrevivesse.

Depois de nascido, Geralt foi deixado por Visenna, após ser perseguida, na fortaleza da Escola do Lobo — uma das quatro grandes escolas de bruxos da história —, em Kaer Morhen. Lá, ele foi treinado e transformado no bruxo mais ágil, forte e com os melhores reflexos, o Lobo Branco.

Treinamento

No treinamento, os aspirantes a bruxos passam por mutações variadas durante algumas sessões experimentais. Provavelmente, devido às poções que sua mãe tomou na gestação, Geralt suportou essas mudanças muito melhor que os outros bruxos da escola.

Com isso, os seus patronos o submeteram a testes ainda mais fortes e perigosos, transformando-o, como dissemos, no mais forte, no mais ágil e o bruxo com os melhores reflexos de toda a comunidade.

Entretanto, como tudo tem um preço, essas mutações fizeram com que Geralt perdesse a pigmentação de todo o seu corpo — pele e cabelos —, originando o nome pelo qual é conhecido: Lobo Branco.

Depois de terminar o treinamento, o bruxo recebeu o medalhão de lobo, escolheu o seu sobrenome alternativo — Geralt de Rívia — e seguiu, com sua égua Plotka, para ser um caçador de monstros de aluguel.

Geralt do Witcher 3

Passado algum tempo, Geralt, após realizar um serviço para Emhyr var Emreis — Duny, na época — e não ser pago, exige o feto do homem e sua esposa, a princesa Pavetta. Para isso, ele invoca a Lei da Surpresa, a qual diz que o bruxo tem direito a algo que o endividado ainda não sabe que tem.

Quando a criança nasceu e Geralt se deu conta de que era uma menina, ele não a levou, já que mulheres não pertencem à classe bruxa. Contudo, o destino dos dois se cruzou novamente, quando, após a morte da avó da menina, a rainha Calanthe, o Lobo optou por cuidar da garota — a poderosa Ciri — e amá-la como uma filha de sangue.

Depois de aparentemente ser morto — ao que tudo indica — em uma espécie de caça aos bruxos e matança de seres não-humanos, Geralt é encontrado e deixado ferido e sem memórias de seu passado nos arredores de Kaer Morhen. É nesse momento que começa a história dos jogos e o Geralt do Witcher 3 é apresentado.

Logo depois de ser encontrado, ele foi resgatado pelos bruxos sobreviventes e levado para a fortaleza. A história de Geralt continua em The Witcher 3: Wild Hunt e, para saber mais, é preciso jogar!

Considerado o 50º melhor herói na história dos videogames pela GamesRadar, em 2012, Geralt tem, de fato, um enredo muito intrigante e emocionante para atrair geeks de todo o mundo — jogadores e leitores.

A superprodução envolvendo The Witcher 3: Wild Hunt consagrou a franquia de RPG como uma das mais renomadas no mundo dos games. Algo que começou de forma simples, acabou tomando proporções gigantescas e tornou a saga de Geralt de Rivia um marco de referência no mercado.

The Witcher 3 concluiu a história do protagonista da melhor maneira possível, com gráficos impressionantes e apresentando uma evolução das técnicas utilizadas em seus antecessores.

O jogo foi lançado em 2015 para as plataformas PS4, Xbox One e também para PC. Em 2016, a CD Projekt RED lançou o “The Witcher 3: Wild Hunt Complete Edition”, com novas melhorias e histórias para uma experiência definitiva da saga.

Os próximos passos de The Witcher

Com estreia marcada para 20 de dezembro de 2019, a série “The Witcher” promete abordar um novo olhar da franquia. A espera pela adaptação televisiva dos games foi grande, deixando um batalhão de fãs com altas expectativas desde o anúncio. Produzida pela Netflix, conta com oito episódios e é protagonizada por Henry Cavill, conhecido por interpretar o famoso Superman nas telonas.

Segundo a showrunner, Lauren S. Hissrich, a principal fonte de inspiração para a adaptação da Netflix foram os livros escritos por Andrzej Sapkowski. Apesar de a franquia ser reconhecida pelos games da CD Projekt RED, a criadora da série afirmou também que não pensa em, futuramente, usar o conteúdo dos jogos nos roteiros.

Quer saber mais sobre o projeto? Então, segue algumas informações confirmadas.

Ambientação da série

É notável as diferenças entre os variados meios de abordagem da história do bruxo Geralt. Afinal, cada plataforma apresenta limitações e vantagens características. Para a série da Netflix, tudo aponta que a história vai seguir a linha das origens do personagem principal, aproximando-se da narrativa dos livros.

A história do Lobo Branco teve sua primeira publicação a partir de um conto do polonês Andrzej Sapkowski, em 1986. Intitulado de “Wiedźmin” (O Bruxo), o escritor apresentou ao mundo Geralt, um bruxo caçador de monstros. Desde então, essa vasta mitologia continua conquistando uma legião de fãs entusiastas por mais conteúdo.

O interessante dessa nova abordagem televisiva é poder explorar temáticas secundárias da trama, aderindo mais profundidade para a jornada do protagonista. Isso também contribui para maiores surpresas nos telespectadores que buscam por novidades sobre o mundo do bruxo. Com a série, o universo de The Witcher ficará ainda mais abrangente.

A caracterização de Geralt

Como dito anteriormente, o escolhido para dar vida ao caçador de monstros foi o ator Henry Cavill. Desde o início da divulgação, conseguimos notar o cuidado com a parte visual da série. Os cabelos brancos característicos do protagonista, por exemplo, são uma das coisas mais marcantes e estão presentes.

Fisicamente, Cavill parece ter se adaptado bem ao papel e se mostra bastante animado com a adaptação da história. A dúvida de alguns fãs quanto a qualidade da série foi sanada, conforme as primeiras imagens começaram a sair.

Expectativas futuras

A criadora Lauren S. Hissrich comentou recentemente, em uma entrevista para o site italiano Corriere, que já tem planos para roteirizar sete temporadas da série. Afirmou também que a intenção é tratar os assuntos com calma, algo importante para dar profundidade. Isso acalma a desconfiança inicial de muitos fãs crentes de que, por não se basear nos games, a história acabaria perdendo força.

Para os amantes da franquia, o importante mesmo é a qualidade do material. A primeira impressão que ficou é a de uma produção grandiosa e épica nos aguarda. Só nos resta esperar para ver.

Gostou de saber mais sobre a série The Witcher e se interessou pelos games? Para adquirir produtos e jogos da franquia, basta acessar o site da Jony Games e encontrar o desejado.

E para saber mais sobre o universo dos jogos e mundo geek, siga nossos perfis nas redes sociais! Estamos no FacebookPinterestGoogle+ e Twitter!

Share This